Correios estudam criar pacote de entregas para pequenas empresas

Os Correios afirmaram que estudam criar novos pacotes de entregas, voltados a pequenas empresas que ainda não tenham alto volume de vendas.

A intenção de desenvolver os novos produtos foi informada ao E-Commerce Brasil como resposta a matéria publicada em 25 de julho. Nela, a estatal admitia a suspensão do contrato básico de envios.

Segundo a nota, até que as soluções estejam disponíveis para o mercado, serão renovados ou firmados novas parcerias para o pacote “Encomendas 2” – cujo valor mínimo de gastos é de R$ 2 mil por mês para encomendas – ou tenham perspectiva de utilização mensal superior a R$ 1 mil, caso desejem outros serviços do portfólio.

A empresa também confirmou que essas regras se aplicam apenas aos novos contratos e renovações. Dessa maneira, os pacotes já contratados podem continuar sendo utilizados normalmente.

Até agora, a estatal não definiu nenhuma data para lançamento dos pacotes específicos a pequenas empresas.

Confira a íntegra da resposta da estatal:

“Os Correios são o maior parceiro do e-Commerce brasileiro e ao longo dos anos vem desenvolvendo soluções que facilitam o dia a dia das pequenas e grandes empresas do setor na atuação nacional por meio das suas mais de 7.000 agências presentes em todo o país. O acesso a esse conjunto de soluções é concedido pela aquisição de nossos serviços na modalidade de pagamento à vista ou a faturar, por meio de nossos contratos comerciais.

Ao firmar um contrato comercial com os Correios, o cliente torna-se parceiro da maior empresa de logística de encomendas do Brasil e passa a ter acesso a um conjunto de benefícios associados ao cumprimento de contrapartidas específicas.

Alinhado ao objetivo de melhoria contínua, bem como à oferta de soluções eficientes, o processo de formalização de novos contratos é constantemente revisado e adaptado ao cenário do mercado.

Dessa forma, foram iniciados estudos internos para desenvolvimento de soluções simplificadas específicas para as pequenas empresas que ainda não possuem alto nível de consumo de nossos serviços.

Assim, até que tais soluções estejam disponíveis para o mercado, serão renovados e/ou firmados novos contratos que atendam aos requisitos a seguir:

  • Adquiram o pacote “Encomendas 2” que possui um valor mínimo de gastos de R$ 2.000,00 por mês, caso desejem contratar os serviços de encomendas; ou,
  • Tenham perspectiva de utilização mensal superior a R$ 1.000,00, caso desejem contratar outros serviços do portfólio dos Correios.

Importante esclarecer que essas regras aplicam-se apenas aos novos contratos e renovações. Dessa maneira, a regra descrita acima não se aplica aos contratos já vigentes, os quais podem continuar sendo utilizados normalmente.

Vale esclarecer também que tais regras não se aplicam aos clientes classificados como “Órgãos Públicos”, devido ao disposto nas Leis 8.666/93 e 13.303/96.

Ressaltamos também que, caso o cliente não se enquadre em nenhum desses critérios, suas postagens poderão ser realizadas na modalidade à vista em todas as nossas agências.

Por último informamos que permanecemos priorizando a implantação de ações que têm como objetivo tornar nossa prestação de serviços ainda mais aderente ao mercado de comércio eletrônico.”

Por Caio Colagrande, da redação do E-Commerce Brasil

O post Correios estudam criar pacote de entregas para pequenas empresas apareceu primeiro em .