Pontualidade de pagamentos das MPEs fica estável em maio, diz Serasa Experian

A pontualidade de pagamentos das micro e pequenas empresas (MPEs) atingiu 95,9% em maio deste ano. Isso significa que, a cada mil pagamentos realizados no mês passado, 959 foram quitados à vista ou com atraso máximo de sete dias. Esse nível de pontualidade ficou praticamente no mesmo patamar ao verificado em abril (95,8%).

É o que aponta o Indicador de Pontualidade das Micro e Pequenas Empresas da Serasa Experian, que acompanha as dívidas pagas pelas MPEs.

De acordo com os economistas da Serasa, juros estabilizados em patamar historicamente baixos, e mesmo a manutenção de um crescimento econômico, ainda que mais lento, estão conseguindo manter estabilizada a capacidade de pagamentos das micro e pequenas empresas.

As MPEs do setor comercial apresentaram o maior nível de pontualidade de pagamentos no levantamento mais recente: 96,5%. Nas indústrias a pontualidade de pagamentos foi de 95,4% e nas micro e pequenas empresas do setor de serviços a pontualidade foi de 95,2%.

O valor nominal médio dos pagamentos em dia cresceu 3,2% em maio na comparação com o mesmo mês de 2017: R$ 1.994 contra R$ 1.932. O valor médio mais alto foi registrado pelos pagamentos pontuais das empresas industriais (R$ 2.082), seguido pelo das empresas de serviços (R$2.034) e, por fim, pelas MPEs de setor comercial (R$ 1.983).

O post Pontualidade de pagamentos das MPEs fica estável em maio, diz Serasa Experian apareceu primeiro em .